Segundo avança a agência Reuters, as autoridades responderam a um tiroteio que terá feito várias vítimas perto do Mercy Hospital, na zona sul da cidade, de acordo com Anthony Guglielmi, porta-voz da polícia de Chicago.

Ainda não existem confirmações quanto a feridos mortais. Sabe-se, contudo, que há quatro vítimas em estado crítico e que uma é um polícia, como confirma Guglielmi.

O porta-voz avançou também que a polícia esteve dentro do hospital e que pelo menos "um potencial atirador" terá sido alvejado. Guglielmi recorreu à rede social Twitter para apelar à população que evite a zona.

Na conta de Twitter do Mercy Hospital já se pode ler que o tiroteio acabou e que os "pacientes estão a salvo".

A agência confirmou no entanto com Larry Langford, porta-voz dos bombeiros de Chicago, que três das quatro vítimas foram transportadas para outros hospitais.

Não se sabe ainda quem é o atirador nem os seus potenciais motivos. A Associated Press avança que o atirador estará morto, mas não se sabe se terá sido baleado ou se se suicidou. Uma testemunha contou à agência que viu várias vítimas a serem alvejadas e que parecia que o atirador "se estava a virar e a disparar a pessoas ao acaso".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.