Numa nota às redações, o presidente do politécnico, Orlando Rodrigues, manifesta publicamente, em nome de toda a comunidade académica, “o mais profundo pesar” e endereça “sentidas condolências à família e amigos” pela morte de José Adriano Pires, que ocorreu, na terça-feira, de forma súbita, quando se encontrava de férias com a família numa zona de Espanha.

“A Instituição solidariza-se com este momento de tristeza, decretando três dias de luto académico, a terem início no dia anterior às exéquias fúnebres”, informa o politécnico, desconhecendo-se ainda a data das mesmas, que estão dependentes dos procedimentos legais necessários para a trasladação do corpo para Portugal.

José Adriano Gomes Pires era licenciado em Informática de Gestão no Instituto Superior de Línguas, com Mestrado em Informática de Gestão e o Doutoramento em Tecnologias e Sistemas de Informação.

Estava ligado ao IPB há 26 anos e era atualmente professor coordenador e diretor, pela segunda vez, da Escola Superior de Tecnologia e Gestão, tendo sido o responsável pela criação do bacharelato de Informática de Gestão, a primeira formação do IPB na área de informática.

Assumiu um papel de relevo na dinamização do programa de promoção do empreendedorismo dos Institutos Politécnicos Portugueses, o POLIEMPREENDE, e foi responsável pela primeira plataforma de comércio digital de produtos regionais, o Rural Net.

José Adriano Pires foi também conhecido no mundo do futebol, tendo sido jogador do Grupo Desportivo de Bragança e representado ainda outros clubes nacionais como o Salgueiros, Olivais e Moscavide, Mãe d´Água, Clube Atlético de Macedo de Cavaleiros e Mirandês.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.