As informações constam no 'site' do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês).

Os três abalos tiveram uma profundidade de 60 quilómetros, segundo a mesma fonte.

No entanto, o Centro de Alerta de Tsunamis do pacífico informou, de acordo com a agência Reuters, que, segundo a informação atualmente disponível, não existe ameaça de ocorrência de tsunami.

"Sentimos o tremor [de terra] e algumas pessoas saíram de casa, mas não houve pânico. Não há danos na minha área", revelou fonte no local à agência France-Press (AFP).

Bani Nasution, um homem que estava na cidade de Manado quando ocorreu o sismo, relatou também à AFP que saiu a correr da sua residência, "assim como outras pessoas, [mas] já regressámos todos às nossas casas", confidenciou.

A Indonésia ainda recupera de um tsunami mortal no fim de dezembro, provocado por um vulcão em erupção entre as ilhas de Java e Sumatra, que fez mais de 400 mortos.

A Indonésia é frequentemente afetada por sismos por se encontrar no "Anel de Fogo do Pacífico", um círculo de vulcões e falhas sísmicas na bacia do Pacífico.

Em dezembro de 2004, um sismo de magnitude 9,1 ao largo de Sumatra, oeste da Indonésia, provocou um tsunami que matou 230 mil pessoas numa dezena de países.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.