A norte-americana Apple acusou em 2011 a Samsung de copiar o design patenteado do seu iPhone e um ano depois um júri de um tribunal federal norte-americano deu-lhe razão, ao cacusá-la de copiar o design e algumas características dos equipamentos, como os cantos arredondados, que foram usados em onze modelos, nomeadamente no “smartphone” (telemóvel inteligente) Galaxy S II.

O tribunal ordenou então que a Samsung devia pagar à Apple uma indemnização 1.050 milhões de dólares pelos ganhos que a empresa sul-coreana tinha obtido com a venda dos onze modelos de telemóveis.

A Samsung estava então disposta a pagar apenas 28 milhões de dólares, pelo que a decisão do tribunal agravava em muito o valor que o grupo sul-coreano estava disposto a pagar.

Em dezembro de 2015, a tecnológica sul-coreana Samsung compensou a Apple ao pagar mais de 548 milhões de dólares e conseguiu um ano depois que o Supremo Tribunal a “poupasse” de pagar 399 milhões de dólares adicionais, por ter considerado que os plágios apenas correspondiam a “uma parte muito pequena” dos equipamentos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.