Uma animação digitalizada de Chávez de perfil, a caminhar, foi projetada a partir de um veículo em movimento sobre as fachadas de vários edifícios, simulando o percurso pela zona oeste e o centro da capital.

"Um Chávez luminoso caminha por Caracas", escreveu no Twitter o ministro da Comunicação e Informação, Ernesto Villegas, que lançou a hashtag "#PlenoComoLaLunaLlena" (pleno como a lua cheia).

O ministro divulgou na rede social Twitter  vários vídeos e fotografias do trajeto, que terminou no Panteão Nacional, onde estão os restos mortais de Simón Bolívar e de muitos líderes da independência da Venezuela.

Os organizadores do evento utilizaram a técnica audiovisual de 'video mapping', que projeta animações sobre superfícies arquitetónicas para criar a ilusão de movimento.

O governo do presidente Nicolás Maduro homenageou o falecido governante, num dia que foi baptizado de "Dia do amor e lealdade a Chávez".

A 8 de dezembro de 2012, num discurso exibido na televisão, Chávez dirigiu-se pela última vez aos venezuelanos. Nomeando Maduro como seu sucessor, caso não conseguisse prosseguir na presidência por causa de sua doença, e citou uma convicção "firme, plena, irrevogável, absoluta e total".

Maduro enfrenta atualmente uma grave crise política e económica. Num momento em que a oposição quer afastá-lo do poder, o presidente venezuelano apela à figura de Chávez, prometendo conservar o seu "legado".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.