O incidente ocorreu perto das 04:00 (03:00 em Lisboa) no festival Medusa Circus of Madness, na praia de Cullera, a cerca de 50 quilómetros a sul de Valência.

“Às 04:18, uma parte do palco do festival Medusa caiu em Cullera devido a uma forte rajada de vento”, anunciaram os serviços de emergência na rede social Twitter.

“Uma pessoa morreu e três ficaram gravemente feridas, com ferimentos múltiplos”, acrescentaram, precisando que outras 14 pessoas sofreram ferimentos ligeiros.

As autoridades de saúde elevaram depois o balanço para 40 feridos.

Segundo a agência espanhola Europa Press, a vítima mortal é um jovem de 28 anos, que morreu após ser atingido por partes do cenário que caíram.

Imagens divulgadas nas redes sociais mostram como o vento forte abanava as árvores e inclinava grandes estruturas perigosamente, enquanto detritos voavam por todo o lado e as pessoas se agarravam às suas tendas.

O serviço meteorológico espanhol AEMET disse que a costa valenciana foi atingida esta noite por várias “rajadas quentes descendentes”, um fenómeno meteorológico em que uma poderosa corrente de ar quente descendente atinge a terra e se propaga em todas as direções.

O festival de música eletrónica, que começou na sexta-feira e em que participavam cerca de 320.000 pessoas, foi evacuado por segurança e a sua atividade “suspensa temporariamente”, embora se mantenha aberta a zona de acampamento.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.