Em comunicado, a arquidiocese refere que o serviço, denominado "Um Ouvido com C'Oração", está acessível todos os dias, entre as 09:00 e as 21:00, através do número 800210114.

Citado no comunicado, o diretor do Centro de Escuta e Acompanhamento Espiritual, Jorge Vilaça, descreve a linha como uma "extensão telefónica" de um serviço que já existe há vários anos mas que agora não pode ser prestado num espaço físico, por causa da pandemia.

"Este serviço quer ser direcionado, sobretudo, a pessoas que não têm acesso aos meios mais comuns de comunicação e da comunicação social. Nós temos uma grande faixa de pessoas, neste momento, que estão isoladas não somente do ponto de vista físico, mas também do ponto de vista da informação. Temos muita gente que vive sozinha, que não tem acesso à internet, não tem acesso a jornais e não tem acesso a muita informação", sublinhou o responsável.

Acrescentou ainda que o serviço se deve ao facto de "muitas pessoas" irem buscar "conforto à espiritualidade para passar estes tempos mais difíceis".

"Nós estamos dispostos a, doze horas por dia e sete dias por semana, fazer esse acompanhamento e escuta", vincou.

O serviço telefónico é coordenado por cinco sacerdotes e é dirigido a pessoas que colocam "a fé como elemento que importa para as suas vidas" e que passam por uma situação de sofrimento, como isolamento, solidão, medo, luto, desorientação espiritual ou doença.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.