Segundo o cônsul, que está a acompanhar o caso, o português, de 32 anos, era natural de Mira e estava inscrito no Consulado de Portugal desde 2009.

Outro trabalhador português ficou gravemente ferido e continua hospitalizado.

O acidente deu-se na quinta-feira, num centro comercial em construção, quando uma placa de betão desabou e "atravessou vários andares", atingindo os dois trabalhadores, segundo fonte da Polícia.

Na quinta-feira, o ministro do Trabalho do Luxemburgo, Nicolas Schmit, enviou condolências aos familiares da vítima mortal.

"Quero transmitir as minhas condolências à família e às pessoas próximas da vítima e [desejar] um rápido restabelecimento aos trabalhadores que ficaram feridos", disse o ministro em comunicado.

O ministro disse ainda que "o reforço da segurança no setor da construção é uma prioridade" e que quer "mais fiscalização" para evitar acidentes.

Este ano já morreram pelo menos três trabalhadores portugueses em acidentes de trabalho em obras no Luxemburgo.

Em abril, dois portugueses morreram no espaço de uma semana, ambos a trabalhar para sociedades de construção do mesmo empresário e um terceiro morreu ao cair de um andaime em Syren, no sul do Luxemburgo.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.