O barulho da buzina vem do navio Western Miami, com bandeira das Filipinas, que se encontra em Lisboa a abastecer combustível.

Ao SAPO24,  o Capitão do Porto de Lisboa, Coelho Gil disse que, "devido ao nevoeiro durante a noite e madrugada, as embarcações tem de avisar da sua presença no Tejo, tocando as suas sereias [sirenes], por questões de segurança".

Ao JN, a Capitania do Porto de Lisboa explicou que se trata de um procedimento previsto no Regulamento Internacional para Evitar Abalroamentos no Mar. Contudo, apesar de ser um comportamento previsto, nem sempre acontece com tanta frequência. "Há comandantes mais cautelosos do que outros", refere.

Já são várias as pessoas a queixarem-se do som nas redes sociais. Segundo relatos, a buzina foi ouvida pelo menos na Avenida de Roma, Arroios e Amoreiras.

Esta quinta-feira, o Western Miami tocou a sua buzina entre a uma e as quatro da manhã, confirmou o Porto de Lisboa.

Segundo a TSF, o barco está em Lisboa desde 28 de dezembro e não tem data prevista de saída, mas as previsões apontam para que esteja a chegar ao Texas, nos Estados Unidos, a 21 de janeiro.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.