O ato eleitoral de hoje, naquela região onde nasceu o ex-presidente da Venezuela Hugo Chávez, foi anulado e mandado repetir pelo Supremo Tribunal de Justiça venezuelano que constatou que o candidato da oposição Freddy Superlanou, concorreu apesar de ter sido desqualificado.

Freddy Superlanou venceu por uma estreita margem o candidato apoiado pelo governo Argenis Chávez.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.