Segundo o ‘Politico’, que cita cinco diplomatas europeus, sem os identificar, a Comissão Europeia prepara-se para processar a AstraZeneca. O tema foi levantado num encontro de embaixadores esta quarta-feira, com a maioria dos países da União Europeia dizer que apoiariam um processo contra o laboratório por ter falhado a entrega das doses acordadas.

Um dos diplomatas ouvidos pela publicação esclarece que o objetivo do processo legal é obrigar a AstraZeneca a fornecer as doses estabelecidas no contrato com a União Europeia.

Até ao final desta semana, os países europeus devem iniciar o processo, disseram dois dos diplomatas ouvidos pelo ‘Politico’.

A AstraZeneca tem estado no centro de várias polémicas. A maior delas tem sido o incumprimento dos acordos com a União Europeia sobre o fornecimento de doses da sua vacina contra a covid-19. Em janeiro, o laboratório anunciou que não seria capaz de fornecer as doses inicialmente previstas.

No final do primeiro trimestre deste ano, a empresa entregou apenas 30 milhões de doses — perto de um quarto dos 100 milhões que estavam previstos no contrato com a União Europeia. A escassez atrasou em muito os processos de vacinação na comunidade europeia, de que Portugal faz parte.

Para o segundo trimestre, a AstraZeneca prevê entregar cerca de 70 milhões de doses, muito menos que o total de 300 milhões que deveriam ser totalmente entregues até ao meio de 2021.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.