"A entrada, ontem, de Santana Lopes com Rui Rio é um sinal para as bases, de que os líderes estão unidos, de que não há necessidade de mais disputa interna sobre o futuro do partido. Esse sinal é importante para afirmar uma vontade, que é simbólica, que é de que vamos rumar para o mesmo lado".

As palavras são de Duarte Marques, em entrevista ao SAPO24, durante o 37.º Congresso do PSD. O deputado apoiou Santana Lopes, mas vê em Rui Rio "um excelente presidente do PSD" que "será com certeza um excelente adversário de António Costa e um excelente Primeiro-ministro".

Do discurso do novo presidente destaca as propostas para a reforma do sistema político português e para a descentralização, e lembra o atual Governo que descentralizar competências deve ser acompanhado de meios e dinheiro.

Questionado sobre as próximas eleições, afirmou que "o jogo mais importante é sempre o próximo [legislativas 2019]", mas elogiou Rui Rio por estar já a pensar nas autárquicas de 2021 porque "não se ganham câmaras em meio ano, nem num ano".

O 37.º Congresso Nacional do PSD começou esta sexta-feira à noite no Centro de Congressos de Lisboa e prolonga-se até domingo, com a eleição dos novos órgãos nacionais sob a liderança de Rui Rio.

SAPO24 está a acompanhar o 37.º Congresso Nacional do PSD com vários diretos no local, que pode acompanhar no Facebook do SAPO24.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.