Segundo a mesma fonte, ficaram na embarcação de recreio Sean Paquito IV, registada em Lisboa, os dois proprietários, “não havendo quaisquer danos”.

Aguarda-se “agora que a maré encha” para que, “com a ajuda de um rebocador, [o veleiro] possa ser retirado e dar entrada normal no porto de Lisboa”.

A mesma fonte não adiantou à Lusa quaisquer razões para o encalhe da embarcação de 31 metros de comprimento, com dois mastros, junto da qual, para apoio, estão uma embarcação da Polícia Marítima e outra do Porto de Lisboa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.