Segundo comunicado de hoje, o Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) pretende que o executivo socialista, “ao nível do Conselho Europeu, cuja presidência exerce até junho do presente ano, defenda a redução de emissões de gases com efeito de estufa no mínimo em 60%, com esforços para atingir os 65%, até 2030, com valores de referência de 1990”.

“Um objetivo mais ambicioso do que a proposta da Comissão Europeia, que estipulava uma diminuição de 55%”, acrescentam os ecologistas, algo que, “podendo parecer insignificante” é uma “diferença de cinco pontos percentuais”, a qual “representa muito ao nível das emissões e substancialmente mais do que o que, por exemplo, Portugal emite”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.