O autarca explicou que "as empresas em questão envolvem tecnologia avançada, tendo uma delas, no seu projeto, prevista a instalação de um centro de desenvolvimento e prototipagem que envolverá cerca de 100 engenheiros das áreas da mecânica, 'design' e eletrónica".

Para José Maria Costa, "estes investimentos vem consolidar a aposta que o município tem feito nos últimos anos na atratividade empresarial e nas condições e acesso a incentivos municipais".

O autarca acrescentou que, "neste momento, o concelho tem 18 projetos aprovados no âmbito do sistema de incentivos do Portugal 2020 e do Norte 2020, no valor de 123 milhões de euros".

Em causa estão "investimentos que envolvem setores diversificados, desde novas tecnologias de comunicação, sistemas de inovação na transformação de papel, unidades hoteleiras, setor dos sapatos, sistemas de inovação para a pesca e setor automóvel".

Em curso estão entretanto os investimentos do grupo espanhol Aludec, da multinacional francesa Eurostyle Systems e grupo Howa Tramico Automotive.

A Aludec está a investir dois milhões de euros numa nova unidade industrial que será "tecnologicamente avançada e dedicada à fabricação de componentes para a indústria automóvel".

A nova fábrica vai ter uma área de implantação superior a 4.200 metros quadrados e vai ficar instalada no Parque Empresarial de Lanheses onde a multinacional espanhola "tem outra unidade, com cerca de três mil metros quadrados e onde emprega 150 trabalhadores".

Já a multinacional francesa Eurostyle Systems, que produz componentes para automóveis formalizou um investimento 18 milhões de euros em duas novas fábricas a instalar na zona industrial de Lanheses, que em 2019 deverão atingir os cem postos de trabalho diretos.

O novo investimento da indústria de plásticos e borrachas prevê que a primeira fábrica, orçada em 10 milhões de euros, inicie a laboração em março de 2017 num terreno com mais de 17 mil metros quadrados.

A construção da segunda unidade fabril, estimada em oito milhões de euros, está prevista para 2018 um terreno de mais de 23 mil metros quadrados.

As fábricas a instalar no parque empresarial de Lanheses vão dedicar-se à produção de peças injetadas de plástico para componentes da indústria automóvel.

O novo projeto industrial do grupo Howa Tramico Automotive, na zona industrial de Alvarães, entrará em funcionamento este ano, criando 70 postos de trabalho e gerando um volume de negócios de cerca de 12 milhões de euros por ano.

A nova fábrica, a construir num terreno com mais de 25 mil metros quadrados vai produzir produtos têxteis e espumas para isolamento térmico e acústico dos tejadilhos e painéis laterais para portas de automóveis, produzindo para as principais marcas de automóveis.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.