De acordo com fonte da autarquia do Alto Minho, "já foi aberto o concurso público das ações a realizar nas serras de Santa Luzia e de Amonde, para a instalação da rede primária das Faixas de Gestão de Combustíveis (FGC), num investimento total de cerca de 450 mil euros".

Em Santa Luzia está prevista a instalação de "84,66 hectares de Rede Primária de FGC, 69,57 hectares de Rede Secundária de FGC e 8,55 quilómetros de Beneficiação de Rede Viária Florestal".

Na Serra de Amonde serão criados "163,62 hectares de Rede Primária de FGC, 16,41 hectares de Rede Secundária de FGC e 2,19 quilómetros de Beneficiação de Rede Viária Florestal".

Na serra da Padela, o investimento de 400 mil euros "já foi concluído" e traduz-se na instalação "da Rede Primária FGC num total de 121,78 hectares, incluindo 47,51 hectares da Rede Secundária de FGC e ainda a beneficiação de 12,84 quilómetros da Rede Viária Florestal".

O investimento global resulta de candidaturas apresentadas pela Câmara de Viana do Castelo ao POSEUR - Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

"O objetivo das candidaturas é aumentar a resiliência do território aos incêndios florestais através da infraestruturação do espaço florestal e facilitar uma intervenção direta de combate a eventuais incêndios, reduzir os efeitos de passagem dos grandes incêndios e isolar os focos potenciais de ignição", explicou o município.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.