“Para que haja um tratamento igual aos restantes municípios do país, a Assembleia Municipal de Viseu solicita ao Governo que proceda ao reembolso dos 95 mil euros e que o mesmo seja usado, conforme compromisso do senhor presidente da Câmara, para beneficiação do polidesportivo da EB2,3 Grão Vasco, trazendo maior conforto, qualidade e segurança aos alunos da escola”, diz a moção aprovada com duas abstenções e oito votos contra.

O documento foi apresentado pelo deputado do PSD Pedro Alves e o presidente da Câmara, Almeida Henriques, lembrou que “o protocolo assinado com o Governo se sobrepõe à resolução do conselho de ministros” e que, por isso, pediu “desde logo o reembolso” do dinheiro da requalificação das escolas.

Almeida Henriques recordou que a Câmara assinou também, aquando do anterior, um protocolo com a Secretaria de Estado dos Transportes para a requalificação de vias rodoviárias na região.

“Como é que esse mesmo Governo diz que este protocolo não é válido? Isto é, um protocolo, porque traz obras para o município é válido, um outro protocolo, porque traz obras para o Governo, não é válido. São dois pesos e duas medidas, mas a verdade é que a obra está feita”, anotou o autarca, referindo-se à requalificação das escolas que foram inauguradas no início deste ano letivo.

Relativamente às vias rodoviárias, Almeida Henriques adiantou que na quinta-feira recebeu a informação de que “vai haver uma pavimentação ou uma colocação de pavimento no muito degradado IP5”.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.