Com apenas duas provas por realizar e 60 pontos por atribuir, Ogier ficou com 37 pontos de avanço sobre o estónio Ott Tanak (Ford), terceiro na Catalunha, e 38 sobre o belga Thierry Neuville (Hyundai), que desistiu na 16.ª de 19 especiais.

Numa época que está a ser complicada para a Citroen, Meeke, que pontuou apenas pela terceira vez, conseguiu a sua quinta vitória no WRC, a segunda este ano, depois de já ter vencido no México.

O britânico concluiu a prova com 28 segundos de avanço sobre Ogier e 33 sobre Tanak, num rali para esquecer para a Hyundai, que viu os seus três pilotos desistirem – Neuville, o espanhol Dani Sordo e o norueguês Andreas Mikkelsen –, depois de partirem a suspensão.

Ogier pode já celebrar o quinto título consecutivo no País de Gales, penúltima prova do Mundial, que se disputar de 26 a 29 de outubro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.