Num relatório lançado hoje, o Fundo Mundial para a Natureza (WWF, na sigla em inglês) afirma que as práticas de pesca não declaradas e não regulamentadas deixam em risco a recuperação de muitas populações marinhas, “ameaçando a segurança alimentar das comunidades costeiras” e a sustentabilidade do mercado europeu de produtos do mar.

Num documento intitulado “Sustentabilidade, Estabilidade e Segurança do Pescado”, a Organização Não-Governamental (ONG) estima que, à escala global, um em cada seis peixes nos pratos do consumidor seja proveniente de pesca irregular.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.