A notícia foi avançada pelo "The Kyiv Independent".

A demissão foi assinada pelo presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, e publicada no decreto hoje tornado público:

Decreto do Presidente da Ucrânia №442 / 2022

Sobre a destituição de I. Ognivets do cargo de Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da Ucrânia junto da República Portuguesa

Inna Ohnivets é embaixadora em Portugal desde outubro de 2015 e foi nomeada pelo antecessor de Zelensky na presidência da Ucrânia, Petro Poroshenko. É jurista de formação, tendo iniciado a carreira como auxiliar de laboratório da cátedra das línguas estrangeiras do Colégio Militar de ensino superior de Kiev de Frunze.

Entre 2006 e 2010 foi embaixadora Extraordinária e Plenipotenciária da Ucrânia na República Eslovaca.

No perfil traçado pelo Notícias Magazine, em março deste ano, a embaixadora era descrita pelo presidente da Associação de Ucranianos em Portugal,  Pavlo Sodokha, como o “elo de ligação e fator de unidade” em Portugal, opinião reiterada no mesmo artigo por Abraão Veloso, presidente da Associação Ucrânia/Portugal/Europa, de Braga.

As demissões dos três embaixadores acontecem na semana em que a Ucrânia foi formalmente convidada a integrar a União Europeia.

Notícia editada às 12h37 para corrigir informação sobre os embaixadores demitidos noutros países, além de Portugal.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.