O presidente Volodymyr Zelensky descartou a paz com a Rússia, nesta quinta-feira, enquanto Vladimir Putin não retirar as suas tropas da Ucrânia, revelou o líder ucraniano após conversas com seu homólogo turco e o secretário-geral da ONU, António Guterres.

Zelensky disse aos repórteres que estava "muito surpreso" ao ouvir do presidente Recep Tayyip Erdogan que a Rússia estava "pronta para algum tipo de paz". “Pessoas que matam, violam, atacam as nossas cidades civis com mísseis de cruzeiro todos os dias não podem querer a paz. Deveriam primeiro abandonar o nosso território, e então veremos”, declarou Zelensky numa conferência de imprensa em Lviv, sublinhando “não confiar na Rússia”.

Refira-se que esta quinta-feira a agência oficial russa TASS, referiu que "Erdogan planeia oferecer-se para retomar o processo de negociação de Istambul e fazer da Turquia uma plataforma para uma reunião entre os presidentes da Rússia e da Ucrânia".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.