Esta alteração da hora de início da sessão solene foi transmitida à agência Lusa por fonte do gabinete do presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva.Nesta sessão solene discursam Volodymyr Zelensky e Augusto Santos Silva e nela estarão também presentes o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o primeiro-ministro, António Costa, além de convidados em representação de outras entidades oficiais.

Segundo a porta-voz da conferência de líderes parlamentares, a deputada socialista Maria da Luz Rosinha, não serão abertas as galerias ao público nesse dia, nem haverá intervenções dos vários grupos parlamentares e deputados.

No dia 7 de abril, o presidente da Assembleia da República tinha informado que o chefe de Estado da Ucrânia aceitava falar ao parlamento português em data então ainda a acertar.
“Recebi esta manhã a senhora embaixadora da Ucrânia em Lisboa [Ihna Ohnivets] que me transmitiu a disponibilidade do presidente Volodymyr Zelensky para participar numa sessão da Assembleia da República. A data será agora acertada”, escreveu então o presidente da Assembleia da República na sua conta na rede social Twitter.

A ideia de a Assembleia da República promover uma sessão parlamentar por videoconferência com o Presidente da Ucrânia partiu do PAN e foi aprovada por maioria, com a oposição do PCP.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.