Na partida do Grupo D, no Estádio Municipal de Albufeira, a Suécia, reduzida a 10 unidades desde os 41 minutos, abriu o marcador, por Nathalie Björn, de livre, aos 68 minutos, mas Portugal virou o resultado, com os tentos de Diana Silva (71) e da jogadora algarvia, que representa o Wolfsburgo (90+3).

Portugal, 32.ª do ‘ranking’ mundial, está agora na liderança do agrupamento, com três pontos, os mesmos da Suécia, nona na hierarquia da FIFA, enquanto a Suíça não tem qualquer ponto.

Na terceira e última jornada, Portugal, que pode atingir a final do torneio – apuram-se os dois melhores primeiros classificados entre os quatro vencedores de grupos -, defronta as helvéticas, em Vila Real de Santo António, na segunda-feira.

A Suécia, uma das duas detentoras do título na Algarve Cup – repartido com a Holanda face ao cancelamento da final de 2018 por más condições climatéricas -, começou melhor, mas Portugal, terceiro na edição do ano passado, libertou-se e conseguiu ameaçar algumas vezes, nomeadamente por Diana Silva e Jéssica Silva, as jogadoras mais dinâmicas do seu ataque.

Aos 17 minutos, Jéssica Silva isolou-se e podia ter rematado à baliza, mas quis oferecer o golo a Ana Capeta, que se deixou antecipar por uma defesa sueca antes de concluir.

A equipa nórdica ficou reduzida a 10 unidades aos 41 minutos, por expulsão de Julia Zigiotti Olme, que viu dois amarelos em nove minutos, enquanto Portugal foi obrigado a fazer duas substituições por lesão, com as saídas de Matilde Fidalgo e Ana Capeta.

No terceiro minuto do tempo de compensação da primeira metade, Carole Costa desperdiçou a melhor ocasião, atirando para defesa da guarda-redes sueca, Cajsa Andersson, que desviou a bola para a barra.

Na segunda metade, Portugal tentou ‘apertar’ a Suécia, mas só conseguiu criar perigo aos 53 minutos, com novo lance de Jéssica Silva, que, isolada por Cláudia Neto, permitiu a defesa da guardiã sueca para canto.

Aos 68 minutos, Nathalie Björn marcou um livre em direção à área e a guarda-redes portuguesa, Inês Pereira, saiu em falso, deixando a bola entrar na baliza, mas Portugal empatou aos 71, num cabeceamento de Diana Silva após cruzamento de Dolores Silva.

Na fase final da partida, Inês Pereira redimiu-se do erro no golo com uma boa defesa, a remate de Sofia Jakobsson (85 minutos), e Cláudia Neto acabou por dar a vitória às lusas, recebendo um cruzamento da direita e finalizando após bom trabalho individual (90+3).

Esta foi a segunda vitória de Portugal em 12 encontros disputados entre as duas equipas, com a Suécia a somar 10 triunfos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.