Em San Siro, André Silva foi lançado no encontro aos 60 minutos, numa altura em que o encontro estava empatado a duas bolas, e deu o triunfo à equipa da casa, aos 82, aproveitando da melhor forma um ressalto após um pontapé de canto.

Foi apenas o segundo golo na ‘Serie A’ do internacional português, que na ronda anterior já havia marcado o tento da vitória dos milaneses, no reduto do Génova (1-0), aos 90+4 minutos, depois de sair do banco aos 68.

O Chievo até chegou ao intervalo em vantagem, graças aos tentos de Stepinki e Inglese, aos 33 e 34 minutos, depois de Calhanoglu ter aberto a contagem, aos 10. Na segunda parte, aos 52, Cutrone refez a igualdade, antes do lance decisivo de André Silva.

Com este resultado, o AC Milan continua no sexto lugar, com menos três pontos que a Lazio, quinto, e agora mais seis que a Sampdoria, sexto, que sofreu uma pesada derrota em Génova.

João Cancelo foi titular e assistiu Perisic no primeiro golo do Inter Milão, aos 26 minutos, mas estrela do encontro foi o avançado argentino Icardi com um ‘poker’, com remates certeiros aos 30, de grande penalidade, 31, 44 e 51.

O Inter segue no quarto posto com 55 pontos, menos quatro que a Roma, quarta classificado, que venceu no campo do Crotone, por 2-0, com golos de El Shaarawy e Nainggolan.

Com Gil Dias e Bruno Gaspar como suplentes não utilizados, a Fiorentina venceu no terreno do Torino por 2-1, enquanto a Atalanta foi ao campo do Verona, penúltimo posicionado, golear por 5-0, com um ‘hat-trick’ de Ilicic.

A ronda termina hoje com os duelos Nápoles-Génova e Lazio-Bolonha.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.