"Não estava à espera de chegar aqui e ter já sete golos marcados e que a equipa estivesse a jogar tão bem. Gosto de pensar positivo, mas este arranque era inimaginável para mim", referiu o jogador português.

O jogador do Sevilha, disse ainda que, o mais importante para um futebolista, é "ter a cabeça limpa", porque "com confiança, podem fazer-se coisas muito importantes".

O atleta falou igualmente da exigência dos adeptos do clube espanhol, valorizou a ajuda do compatriota Daniel Carriço e, sobre a filosofia de jogo que o seu treinador pretende colocar em prática, diz que "com jogadores tão bons" o jogo é mais fluído e os avançados têm mais ocasiões para marcar, referindo ainda que o entendimento que tem com os avançados do clube é positivo.

"Entendo-me muito bem com o Ben Yedder, mas quem me surpreende mais é Jesús Navas, que corre muito e nunca para, não se cansa”, disse André Silva, líder dos marcadores da Liga espanhola, com sete tentos, contra seis de Stuani e cinco de Messi e Aspas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.