“Quando, a 10 jornadas do fim, estamos a dois ou três pontos do primeiro lugar e na luta pelo título, tínhamos sete pontos de vantagem sobre o quarto classificado [o Sporting] e agora estamos com uma desvantagem de nove [para o terceiro, o Sporting], pode dizer-se que foi uma ponta final de campeonato desastrosa”, afirmou o responsável máximo do clube.

Para António Salvador, que falava no final da conquista inédita do título de futebol feminino pelo Sporting de Braga, “agora é tempo de analisar e corrigir esta situação para que não volte a acontecer”.

“Há que assumir a responsabilidade e dizer que não estivemos bem”, disse, considerando que a continuidade de Abel Ferreira “não é uma questão que se faça neste momento”.

Mais tarde, já na Câmara Municipal de Braga, onde a equipa foi homenageada pela conquista feminina, o presidente da autarquia, Ricardo Rio, considerou que “as mulheres mostraram aos homens como se faz”.

Questionado sobre o que é que a equipa masculina pode aprender com a feminina, António Salvador respondeu: “Ganhar mais vezes como elas ganham.”

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.