Depois de assegurado o triunfo na parte integrante do Nacional de ralis e os pontos que lhe dão a liderança do campeonato, Armindo Araújo distanciou-se ainda mais de Miguel Barbosa (Skoda Fabia R5), após 15 especiais.

Beneficiando dos problemas de motor que fizeram Miguel Barbosa perder cerca de três minutos na última classificativa da manhã, em Amarante (37,6 km), Armindo Araújo aumentou para 3.38,3 minutos a diferença para o antigo piloto de todo o terreno, agora 17.º a 22.49,4 de Neuville.

Diogo Salvi (Skoda Fabia R5), terceiro ao final da manhã na classificação para o campeonato nacional, acabou por abandonar no final do dia, durante a segunda passagem pelo troço de Amarante.

O Rali de Portugal termina no domingo de manhã, com as últimas cinco especiais de classificação, com uma dupla passagem em Montim (8,64 km), Luílhas (11,89 km), e duas passagens pelo mítico troço de Fafe (11,18 km), última das quais a `power stage´, no encerramento da prova.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.