O encontro da quinta jornada coloca frente a frente duas equipas em formas contrastantes: os ‘gansos’ venceram os últimos dois jogos e só sofreram um golo no campeonato, enquanto o Arouca sofreu uma pesada derrota na receção ao Sporting de Braga (6-0), depois de dois triunfos consecutivos — algo que não tinha acontecido na época passada.

“Perdemos três pontos contra uma equipa que toda a gente reconhece o valor. Desde os primeiros segundos tudo correu mal, há dias assim no futebol e na vida de um jornalista ou professor. Isto é um processo, não é quando perdemos que perguntamos como é que vamos motivar [os jogadores]. Há que capacitar os jogadores, sabemos que vai acontecer durante a época”, referiu Armando Evangelista.

Sobre os casapianos, o técnico destacou a “solidez defensiva, forte transição ofensiva”, mas que é também “competente em organização [ofensiva]”, cabendo ao Arouca “querer regressar às vitórias, passar o adversário na tabela e dar pouca profundidade” para evitar transições.

“São ingredientes que mostram o que poderá ser o jogo este fim de semana”, sugeriu.

O técnico preferiu também não rotular a equipa orientada por Filipe Martins como um adversário direto na luta pela manutenção.

“Há sempre surpresas no campeonato e rotular estas equipas como equipas que vão lutar pela manutenção às vezes causam essas surpresas. No ano passado foi o Estoril Praia, com uma primeira volta fantástica. O Casa Pia está a organizar-se muito bem, com individualidades a sobressaírem no início de época”, apontou.

Ainda sobre o ‘dossiê’ Dabbagh, o avançado palestiniano ainda não se apresentou em Arouca e o clube não procurou uma alternativa no mercado de transferências, isto porque há confiança de que o assunto seja resolvido.

“Estamos a fazer tudo para o integrar, está inscrito na Liga, há algumas situações por resolver, é por isso que ele não está a treinar, mas as coisas estão a caminhar no sentido de ser integrado o mais rápido possível. Estamos a tentar chegar a um consenso entre as partes e esperamos contar com ele o mais rápido possível”, vincou.

O Arouca, 11.º classificado, com seis pontos, desloca-se no domingo ao Estádio do Jamor, a casa emprestada do Casa Pia, que é oitavo classificado, com sete pontos, em encontro da quinta jornada agendado para as 15:30, sob arbitragem de Carlos Macedo, da associação de Braga.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.