Em comunicado, a ASAE adianta que na origem das detenções esteve a venda de dois bilhetes, um com um valor facial de 40 euros e outro de 65 euros, pelos quais estavam a ser pedidos valores de 250 euros e de 200 euros, com margens de lucro até 500%.

Os bilhetes, que estavam a ser vendidos ‘online’, eram para o jogo da Liga dos Campeões entre o Benfica e o Paris Saint-Germain, agendado para esta noite no Estádio da Luz, em Lisboa.

Os detidos, apanhados em flagrante delito, irão ser presentes esta quinta-feira para audiência de julgamento em processo sumário, indica a ASAE no comunicado.

Na nota, a ASAE alerta os consumidores “que devem evitar a aquisição de bilhetes acima do seu valor oficial, uma vez que essa venda constitui um crime de especulação ou de venda irregular de bilhetes, punido com pena de prisão até três anos”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.