A equipa madrilena parecia ter o encontro já definido ao intervalo, altura em que vencia já por 2-0, com os golos de Saul Niguez (17 minutos) e de Antoine Griezmann (25), mas ainda permitiu que os germânicos entrassem na discussão do resultado por duas vezes, primeiro com Bellarabi a reduzir para 2-1 (48) e depois com um autogolo de Savic (68), a reduzir para 3-2, tento que surgiu como resposta ao golo de Kevin Gameiro (59), de grande penalidade. Fernando Torres, aos 86, fechou a contagem.

Com esta vitória, o Atlético de Madrid parte para a segunda mão, a ser disputada a 15 de março, com uma boa vantagem de dois golos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.