A equipa espanhola entrou bem no jogo, mas foi perdendo gás a partir do primeiro golo do Atlético San Juan, clube satélite dos ‘colchoneros’, seu acionista maioritário, logo aos 11 minutos, por Nicolas Ibanez, a aproveitar um erro crasso da defesa espanhola.

João Félix alinhou nas ‘costas’ de Diego Costa — o outro ponta de lança, Morata, está lesionado e não foi opção para Diego Simeone — e esteve discreto, sentindo, tal como toda a equipa, dificuldades de encontrar espaços de penetração, perante um adversário que já leva a preparação mais adiantada, por ter realizado duas jornadas da liga mexicana.

Aos 18 minutos, o jovem contratado ao Benfica deu nas vistas com um passe espetacular a isolar Diego Costa, que rematou à barra, com João Félix a efetuar a recarga contra o corpo de um adversário.

O português voltaria a sobressair aos 44 minutos, com novo passe a isolar Diego Costa, mas a defesa mexicana neutralizou o lance.

O Atlético Madrid deu a volta ao marcador já na segunda parte, graças a um golo de Sérgio Camello, aos 72 minutos, e a um autogolo do mexicano Juan Portela, com as duas equipas a procederem a sucessivas substituições e a terminarem com ‘onzes’ completamente diferentes dos que iniciaram a partida.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.