“Temos apenas a reportar o apedrejamento do autocarro do Benfica na rua do Relógio. Não conseguimos garantir a extensão dos danos. Confirmamos o apedrejamento apenas do autocarro do Benfica, não temos informação acerca [do possível apedrejamento] da viatura do presidente do Benfica [Luís Filipe Vieira]”, afirmou à Lusa o subintendente André Rodrigues.

Fonte oficial dos "encarnados" tinha reportado inicialmente o apedrejamento também do carro do presidente do clube.

 A PSP indicou ainda que não há qualquer detido, nem mesmo em consequência do apedrejamento, porque só tiveram o conhecimento do mesmo 'à posteriori’, assim como nenhum registo de incidentes entre adeptos, sublinhando que “tudo correu bem”.

Apesar das palavras do responsável, a Lusa assistiu a um momento de maior tensão entre os adeptos portistas e as forças de segurança, que obrigaram à intervenção da polícia de choque, devido ao arremesso de objetos pirotécnicos.

André Rodrigues disse ainda que, no final da partida, os adeptos do Benfica deverão ficar entre 20 a 30 minutos retidos dentro do estádio e depois serão transportados, em caixa de segurança, para o local onde estão os autocarros.

O FC Porto, campeão e líder da I Liga, e o Benfica, segundo classificado, com menos um ponto, defrontam-se no Estádio do Dragão, no Porto.

[Notícia atualizada às 21h - Acrescenta confirmação pela PSP do apedrejamento do autocarro do Benfica, sem registo de informação sobre apedrejamento ao carro de Luís Filipe Vieira]

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.