A agência noticiosa francesa confirmou a informação veiculada inicialmente pelo jornal desportivo L´Équipe, segundo o qual a UEFA avisou as autoridades daquele país sobre a possibilidade de viciação do jogo da segunda jornada do Grupo C da competição.

As suspeitas incidem sobre um dirigente do clube sérvio, que apostou uma quantia muito elevada na derrota da própria equipa por uma diferença de cinco golos no encontro disputado em 03 de outubro, em Paris, arbitrado pelo português Artur Soares Dias.

De acordo com o L´Équipe, o dirigente sérvio do Estrela Vermelha usou vários cúmplices para a realização das apostas, que atingiram vários milhões de euros.

Com o brasileiro Neymar em destaque, autor de três golos, aos 20, 22 e 81 minutos, os restantes golos do PSG foram marcados pelo uruguaio Edinson Cavani, aos 37, o argentino Ángel di Maria, aos 41, e Mbappé, aos 70.

A formação sérvia chegou ao golo por Marko Marim, aos 71 minutos, logo após entrar em campo, concretizando uma das poucas ações ofensivas dos sérvios durante toda a partida.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.