“Vamos enfrentar o Fenerbahçe com cabeça e vontade de ganhar para pôr o Benfica na ‘Champions’, que é isso que queremos”, afirmou Pizzi à Benfica TV, em reação ao sorteio realizado hoje em Nyon, na Suíça, que colocou os turcos no caminho da equipa lisboeta.

O Benfica procura juntar-se ao FC Porto na principal prova europeia de clubes, mas para isso terá de eliminar o Fenerbahçe (que recebe em 07 ou 08 de agosto, no Estádio da Luz, uma semana antes de se deslocar a Istambul), e ainda ultrapassar os ‘play-offs’ de acesso à fase de grupos.

“Obviamente, é um adversário difícil, como seriam todas as equipas que nos pudessem calhar naquele sorteio. O Fenerbahçe é uma equipa com bastante qualidade, com jogadores que nos podem causar problemas, mas estaremos preparados para isso”, assinalou Pizzi.

O médio, de 28 anos, considerou que a equipa treinada por Rui Vitória está “a trabalhar bem”, apesar de reconhecer que ainda “nada está perfeito”, até porque o plantel benfiquista recebeu “vários jogadores novos e jogadores jovens da formação”.

“Estamos a trabalhar todos os dias para que no primeiro jogo oficial estejamos preparados. […] Temos jogadores com bastante qualidade. Os que chegaram estão a acrescentar qualidade e a fazer com que a competitividade dentro do plantel seja mais forte”, notou.

Pizzi salientou que um médio criativo “vive de assistências”, revelando que fica “mais feliz se fizer uma assistência do que se marcar um golo” e adiantando estar a sentir-se “bastante melhor” relativamente à pré-época da temporada passada.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.