Frente ao campeão espanhol, que conta com o português Ricardinho, os ‘leões’ começaram a vencer, graças a um golo de Léo, mas permitiram a reviravolta, antes de chegarem à igualdade com tentos de Rocha e Taynal.

Nos penáltis, os campeões europeus levaram a melhor, marcando cinco contra quatro dos espanhóis, no segundo jogo em Portimão, depois de o Benfica, campeão nacional, bater os vice-campeões europeus por 3-1.

Afonso Jesus, Tiago Brito e Robinho marcaram para a equipa portuguesa, que voltou a impor-se, e pelo mesmo resultado, nas grandes penalidades, usadas para eventual desempate das contas finais do torneio.

No domingo, Kairat e Sporting reeditam, pelas 11:00, a última final europeia, enquanto Inter Movistar e Benfica se defrontam pelas 15:00, na Portimão Arena.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.