Os ‘encarnados’ entram no reduto do rival no topo da classificação, com 45 pontos e embalados por 13 vitórias seguidas no campeonato, a última das quais bastante ‘sofrida’ e apenas alcançada com reviravolta no último quarto de hora, na receção ao Desportivo das Aves (2-1).

Desde a derrota caseira com o FC Porto, na terceira ronda, que as ‘águias’ só sabem vencer na principal competição nacional, a qual lideram, sob ‘perseguição’ dos ‘dragões’, sendo que na terça-feira conseguiram igualmente o apuramento para as meias-finais da Taça de Portugal, ainda que tenham passado por imensas dificuldades para eliminar o Rio Ave (3-2).

Na I Liga, a formação da Luz continua sem perder fora de casa, algo que já vem da época anterior, desde que Bruno Lage assumiu o comando da equipa.

As 16 visitas do Benfica sob o comando do técnico setubalense (nove em 2018/19 e sete no exercício atual) saldaram-se em outras tantas vitórias.

Por seu lado, os ‘verdes e brancos’, que no sábado saíram de Setúbal com um triunfo por 3-1, mantêm-se no quarto posto, com 29 pontos, a longínquos 16 de distância do Benfica e com ténues esperanças de uma eventual conquista do título, ainda que o campeonato só agora vá entrar na segunda metade.

Este será o segundo embate entre os dois rivais esta temporada, depois da goleada aplicada pelos campeões nacionais na Supertaça (5-0), em agosto. O triunfo benfiquista tem sido ‘regra’ nos mais recentes embates entre ambos, sendo que nos últimos 10 o Benfica venceu nove.

A única exceção neste registo recente ocorreu na segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal, em abril, quando o Sporting venceu o rival por 1-0, em Alvalade, com um golo do ‘inevitável’ Bruno Fernandes, e apurou-se para a final da prova ‘rainha’, anulando o desaire, por 2-1, da primeira mão.

O conjunto orientado por Silas recebe novo rival no seu reduto na primeira volta, após ter perdido o último jogo em Alvalade, diante do FC Porto (2-1), há pouco menos de duas semanas, resultado que deixou os sportinguistas ainda mais longe da liderança.

A grande dúvida no Sporting prende-se com a eventual saída de Bruno Fernandes, que tem sido fortemente associado ao Manchester United, restando saber se a saída, a confirmar-se, acontecerá antes do dérbi ou se o ‘capitão’ ainda dará o seu contributo à equipa.

O central uruguaio Coates, que viu o quinto amarelo em Setúbal, vai cumprir suspensão e é ausência certas nas opções de Silas, enquanto o avançado argentino Luciano Vietto, que saiu lesionado do Bonfim, dificilmente estará à disposição do técnico ‘leonino’.

Já Bruno Lage só não deverá contar com o central Jardel, enquanto o extremo Rafa está de volta às opções, após vários meses de ausência, devido a lesão.

O 308.º dérbi entre Sporting e Benfica está agendado para sexta-feira, a partir das 21:15, no Estádio de Alvalade.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.