O marroquino Ziyech até adiantou os ‘blues’ no marcador, aos 28 minutos, a passe do francês Kanté, mas um cabeceamento certeiro de Webster, aos 60, resgatou um ponto para a equipa da casa.

A equipa do alemão Thomas Tuchel, que segunda-feira recebeu o prémio de melhor treinador do ano 2021 da FIFA, voltou a empatar com o Brighton, que também tinha imposto um 1-1 na 20.ª ronda, em 29 de dezembro do ano passado, que começou a fase ‘negra’ dos campeões europeus.

Desde então, empataram com o Liverpool (2-2), segundo classificado, e perderam com o líder Manchester City (1-0), com nova igualdade a deixar em aberto aos rivais a possibilidade de dilatarem a vantagem na frente.

O Chelsea é terceiro com 44 pontos, em 23 partidas, a um ponto do Liverpool, que ainda só jogou 21 vezes na Premier League, e a 12 do campeão e líder City, que disputou 22 encontros. O West Ham, quarto, com 37, pode ainda aproximar-se no próximo jogo.

O Brighton, por sua vez, prossegue o bom campeonato, somando o quinto jogo seguido sem perder, e é nono, com 29 pontos, para já a seis dos lugares de acesso às competições europeias, mas já com 16 de folga para os postos de descida de divisão.

A covid-19 continua a ‘manipular’ o calendário da Liga inglesa, e na quarta-feira disputam-se mais dois jogos em atraso, o Leicester-Tottenham e o Brentford-Manchester United.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.