“Não é momento para muitas palavras, não é momento de levantar a cabeça, é momento de baixar a cabeça e pensar nos erros que cometemos e que nunca mais os devemos voltar a cometer”, escreveu o capitão do Sporting, pedindo desculpa a todos aqueles que se deslocaram ao estádio do Algarve ou que, em suas casas, apoiaram a equipa.

Para Bruno Fernandes o momento é de reflexão: “Devemos pensar o que fez com que ganhássemos as taças que ganhámos o ano passado e que a união e companheirismo que tivemos nos levou a essas conquistas”.

Este pequeno texto escrito por Bruno Fernandes surge na sequência da goleada por 5-0 sofrida pelo Sporting no domingo, no estádio do Algarve, para a Supertaça, e numa altura em que a sua saída do clube tem sido dada como iminente há várias semanas consecutivas na generalidade dos órgãos de comunicação social.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.