Sem golos ao longo de todo o encontro, que teve poucas oportunidades, a equipa de Vila Nova de Gaia superiorizou-se no desempate por grandes penalidades, vencendo por 6-5 no terreno da equipa do distrito de Vila Real.

A formação fundada em 2010 que compete no Campeonato de Portugal atingiu pela primeira vez os oitavos de final da ‘prova rainha’ do futebol português.

A equipa transmontana, também do terceiro escalão, não conseguiu aproveitar o ascendente que teve no primeiro tempo, no qual criou situações de perigo graças a saídas rápidas para o ataque, com registo para o remate de Assis (10 minutos) para defesa apertada de Matos e remate forte, mas por cima de Jussane (17).

O Canelas 2010, a apostar num jogo mais direto e à procura de servir os homens mais avançados, procurou o golo por Macaco (16) com um cabeceamento ao lado, e Fábio Rola (32) a rematar de meia distância à figura de Rui Capela.

A equipa gaiense surgiu mais forte na segunda parte, jogando mais tempo no meio campo contrário e impondo-se fisicamente, mas continuou a sentir dificuldades para criar oportunidades de golo, o que levou o encontro para o prolongamento.

Com o agravar das condições climatéricas, com a chuva a juntar-se ao frio intenso, as equipas sentiram dificuldades para jogarem, mas os visitantes mantiveram o ascendente.

Fábio Rola tentou de longe (109) e Penantes, servido por Rola, na grande área (112), viram Rui Capela fazer duas intervenções decisivas, enquanto na área contrária a bola foi ao braço de William (112), mas o árbitro João Pinho deixou seguir considerando não haver motivos para grande penalidade, apesar dos protestos da equipa da casa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.