O órgão disciplinar da FA alega que ao minuto 48 o comportamento do treinador português se enquadrou na figura de conduta imprópria, que viola os regulamentos disciplinares do organismo.

A reação de Carlos Carvalhal, que sustenta a acusação, ocorreu após a expulsão do central francês do Sheffield Wednesday, Vicent Sasso, que viu cartão vermelho direto.

Carlos Carvalhal tem agora até às 18:00 de quarta-feira, dia 16 de março, para responder à acusação.

A equipa orientada por Carvalhal ocupa a sexta posição da ‘Championship’, com 62 pontos, um dos lugares que dá acesso aos ‘play-off’ de promoção à Premier League.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.