Confirmado como reforço dos vimaranenses na quinta-feira, pelo presidente do clube, Miguel Pinto Lisboa, o dianteiro, de 25 anos, chegou a Guimarães por empréstimo do Wolverhampton, de Inglaterra, com opção de compra de 50% do passe, por 3,5 milhões de euros, e disse estar pronto a “ajudar” o Vitória e a jogar.

“A motivação é regressar ao bom nível, aos golos. Espero que seja uma época de sorte e que possamos chegar longe nas competições onde estamos inseridos”, afirmou, num vídeo publicado na página oficial do clube minhoto na rede social Facebook.

De regresso a Portugal, após ter marcado 24 golos em 53 jogos pelo Estoril Praia, nas épocas 2014/15 e 2015/16, Léo Bonatini mostrou-se satisfeito por regressar a um país ao “qual a família se adaptou muito bem” e por jogar num clube muito apoiado pelos seus adeptos, tendo referido o jogo de quinta-feira, em que os vitorianos bateram os romenos do FCSB (1-0), para o ‘play-off’ da Liga Europa.

O jogador considerou ainda que o sorteio da fase de grupos, hoje realizado no Mónaco, colocou o emblema português num “grupo muito forte”, diante de “três grandes equipas” – Arsenal (Inglaterra), Eintracht Frankfurt (Alemanha) e Standard Liège (Bélgica) -, mas realçou também que o Vitória é “uma grande equipa”, ainda para mais no seu estádio, com o “calor dos seus adeptos”.

Avançado que representou Al Hilal, da Arábia Saudita, e Wolverhampton e Nottingham Forest, de Inglaterra, após a saída do Estoril-Praia, Léo Bonatini é o 11.º reforço vitoriano para 2019/20, além de Jhonatan, Lucas Soares, Bondarenko, Mikel Agu, Blati Touré, Dénis Poha, Lucas Evangelista, André Pereira, João Pedro e Bruno Duarte.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.