Cech, de 38 anos, que se retirou há um ano do futebol profissional, surge como solução de “emergência” pelas atuais circunstâncias da pandemia, prevenindo possíveis contágios que afetem os guarda-redes.

Depois de se retirar, Cech ainda jogou hóquei no gelo. O checo atuou pelo Chelsea de 2005 a 2015, seguindo-se o Arsenal, no qual terminou a carreira, até 2019.

Entretanto, o treinador Frank Lampard prescindiu do espanhol Kepa Arrizabalaga em favor do senegalês Edouard Mendy, recuperado de lesão muscular, para o jogo da Liga dos Campeões com o Sevilha: o clube conta ainda com o argentino Caballero.

O espanhol teve atuação pouco feliz contra o Southampton e perdeu espaço na luta pela titularidade nos ‘blues’.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.