“O espanhol chega à formação de Ovar para fortalecer o bloco de trepadores e trazer toda a experiência do escalão máximo da modalidade, onde correu ao longo de cinco temporadas”, pode ler-se no comunicado da Efapel, que destaca ainda “a qualidade e experiência” do corredor de 36 anos.

Profissional desde 2006, Javier Moreno fez grande parte do seu percurso em Espanha, tendo representado, entre outras, a Andalucia-Caja Sur (2008-2010) e a Caja Rural (2011), do segundo escalão mundial, antes de dar o salto para o WorldTour, ao assinar contrato com a Movistar (2012-2016).

O corredor andaluz despediu-se do principal escalão da modalidade no final de 2017, época em que alinhou na Bahrain-Merida, depois de ter participado em 10 grandes Voltas, nomeadamente no Tour desse ano.

Nas duas temporadas seguintes, representou os franceses da Nippo Delko One Provence, e este ano viveu uma nova experiência, mudando-se para o BTT.

No seu palmarés constam triunfos na Volta às Astúrias (2011), Volta a Castela e Leão (2012), Volta a Aragão (2018) ou no Sharia Tour (2018), além de um título de campeão espanhol em sub-23.

“A minha chegada à Efapel significa recuperar o meu entusiasmo pelo ciclismo. Estou muito feliz e motivado com este desafio. Espero contribuir com a minha experiência e ajudar a equipa nas altas montanhas e contribuir para a concretização dos objetivos para 2021″, referiu Moreno, citado na nota.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.