As cidades-sede do Campeonato da Europa de 2020, adiado para 2021 devido à pandemia de covid-19, que perturbou todo o calendário desportivo mundial, também será debatida nas reuniões por videoconferência do órgão de cúpula da UEFA.

O formato e o calendário da reta final da Liga dos Campeões desta época serão analisados pelos responsáveis do futebol europeu, bem como o local da final da presente edição, que, oficialmente, permanece Istambul.

A cidade turca foi escolhida para receber o jogo decisivo da principal prova europeia de clubes antes da pandemia, mas, neste momento, existem alternativas em outros países, entre as quais Lisboa, mas também Frankfurt, na Alemanha, Madrid e Moscovo.

De acordo com notícias veiculadas pela comunicação social de vários países europeus, a UEFA poderá aprovar a realização da fase final da prova num único local, em agosto, com as eliminatórias a partir dos quartos de final a serem disputadas em um único jogo (em vez de dois).

A Liga dos Campeões foi suspensa em março, numa altura em que se estavam a disputar ainda os oitavos de final, já sem a presença de equipas portuguesas e com quarto formações apuradas para os ‘quartos': Atlético de Madrid, Atalanta, Leipzig e Paris Saint-Germain.

O Comité Executivo da UEFA vai ainda decidir sobre o destino das edições desta temporada da Liga Europa — igualmente já sem representantes portugueses – e da Liga dos Campeões feminina, bem como sobre a ‘Champions’ masculina de 2020/21.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 412 mil mortos e infetou quase 7,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas — Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.