Segundo fontes citadas pela Agência de Notícias do Gana (GNA), o motivo da decisão deveu-se aos problemas de segurança nos Camarões.

A CAF anunciou que a vaga está aberta a qualquer país que esteja interessado em organizar a competição, sem dar mais detalhes.

A CAN será realizada entre junho e julho do próximo ano, evento no qual 24 equipas vão competir, em vez das habituais 16, conforme decidido numa reunião da CAF em julho do ano passado.

A organização da CAN mudou nas últimas três edições. Em 2013, da Líbia para a África do Sul devido à guerra civil na Líbia, em 2015, de Marrocos para a Guiné Equatorial devido ao surto de ébola na África Ocidental de 2014 a 2016 e em 2017, não foi novamente realizado na Líbia passando para o Gabão devido a conflitos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.