“Vou fazer essa proposta ao Norte em nome da paz. Seul e Pyongyang organizarão os Jogos em conjunto”, afirmou o ministro do desporto sul-coreano, Do Jong-hwan, que integrará de negociações.

As duas Coreias já tinham discutido a possibilidade de sediar conjuntamente os Jogos Olímpicos de Verão de 1988, mas as negociações fracassaram e Seul teve essa responsabilidade sozinha.

Uma nova era vigora no relacionamento entre os vizinhos, que formaram uma equipa unificada de hóquei no gelo para os Jogos Olímpicos de Inverno, que a Coreia do Sul organizou em fevereiro.

Essa iniciativa juntou-se a várias outras numa reaproximação na península com os encontros entre Moon Jae-in e Kim Jong-Un.

O presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), o alemão Thomas Bach, disse recentemente que está recetivo a conversações entre as duas Coreias no sentido de que se apresentem unidas no desfile e nas competições dos Jogos de Tóquio em 2020.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.