“Voltei a treinar, super feliz”, referiu o internacional brasileiro nas redes sociais.

O PSG anunciou, em 02 de setembro, que teve três casos positivos no plantel. Embora não tenha revelado a identidade, o jornal francês "L'Équipe" especificou que se tratava de Neymar e dos argentinos Ángel Di María e Leandro Paredes.

Um dia depois o clube acrescentou que teve outros três casos, que segundo o mesmo jornal foram o costa-riquenho Keylor Navas, o argentino Mauro Icardi e o brasileiro Marquinhos.

O último caso na equipa parisiense foi o avançado Kylian Mbappé, cujo positivo foi comunicado esta semana.

O PSG, que fez a sua estreia na Liga francesa na quinta-feira com uma derrota (1-0) frente ao Lens, vai jogar no domingo com o Marselha, orientado pelo português André Villas-Boas.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.