Frente a um adversário que pouca oposição criou, Cristiano Ronaldo, aos 33 minutos, com desvio na cara do guarda-redes, e Otávio, aos 45+3, de cabeça após assistência de ‘CR7’, marcaram para o Al Nassr, que persegue o título que lhe foge desse 2019, na altura conquistado pelo treinador português Rui Vitória.

O ex-benfiquista Talisca também celebrou, aos 67 e 90+4, enquanto os forasteiros ‘faturaram’ praticamente no único remate à baliza, aos 69, pelo jamaicano Andre Gray, em contra-ataque.

Na jornada anterior, o Al Nassr, treinado por Luís Castro, perdeu, por 3-0, com o seu maior rival ao título, o Al Hilal, que hoje triunfou, por 2-1, no recinto do Al Taee.

Com Ruben Neves no ‘onze’ titular, o Al Hilal marcou aos 20 e 30 minutos, respetivamente por Salem Al Dawsari e pelo sérvio Aleksandar Mitrovic, de nada valendo o golo opositor, de Tariq Abdullah, aos 45+5.

Já o Al Khaleej, orientado por Pedro Emanuel, ganhou ao Abha, por 3-1, com dois tentos lusos, o primeiro logo aos 16 minutos, de Fábio Martins, expulso, por acumulação de cartões amarelos, aos 64.

Posteriormente, o egípcio Mohamed Sherif ampliou para 2-0, aos 45+3, até que Ivo Rodrigues sentenciou o resultado final, aos 59.

Cumpridas 16 jornadas, o Al Hilal comanda com 44 pontos, mais sete do que o Al Nassr, com 37, enquanto o Al Taawon fecha o pódio provisório, com 31.

O Al Khaleej, que vinha de duas derrotas, é 13.º, com 16 pontos, três acima da ‘linha de água’.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.