O antigo motociclista gastou 3:48.23 horas para cumprir os 477 quilómetros da especial de hoje, que foi cancelada para as motas e quadriciclos, após a morte do português Paulo Gonçalves no domingo.

O argentino Orlando Terranova (Mini) foi o terceiro, a 6.19 de Serradori.

Os favoritos marcaram-se mutuamente ao longo da especial, com o francês Stéphane Peterhansel (Mini) a conseguir alcançar em pista o catari Nasser Al-Attiyah (Toyota) e o espanhol Carlos Sainz (Mini).

Como a partida é dada com intervalos de três minutos entre cada um, o piloto francês, navegado pelo português Paulo Fiúza, ganhou seis minutos ao líder.

A quatro dias do final da 42.ª edição da prova, Carlos Sainz mantém a liderança, com 6.40 de vantagem sobre Al-Attiyah e 13.09 sobre Peterhansel. O português Ricardo Porém (Borgward) já não alinhou para a etapa de hoje devido a problemas com a embraiagem do seu carro.

Na terça-feira disputa-se a nona etapa, entre Wadi Al Dawasi e Haradh, com 886 quilómetros, 410 deles cronometrados.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.