É nas motos que Portugal tem o contingente principal, no qual figuram Hélder Rodrigues (Yamaha) e Paulo Gonçalves (Honda), dois grandes candidatos ao pódio.

Nos automóveis estarão dois navegadores portugueses, ambos em Mini: Filipe Palmeiro, ao lado do piloto chileno Boris Garafulic, e Paulo Fiúza, que fará equipa com o alemão Stephan Schott.

Nos camiões, José Martins integra uma formação da Iveco, constituída ainda pelo francês Thomas Robineau e o belga Dave Berghmans. Armando Loureiro forma com os franceses Georges Ginesta e Christophe Allot uma equipa da MAN.

Ao todo, estão inscritos 491 competidores, em 391 veículos, que vão atravessar na edição deste ano três países, Paraguai, Bolívia e Argentina, num total de cerca de 9.000 quilómetros, dos quais 4.000 vão ser cronometrados.

O Dakar deste ano fica marcado por incluir metade das etapas acima dos 3.000 metros de altitude. Algumas das especiais vão mesmo decorrer acima dos 4.000 metros.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.